Redes elétricas inteligentes: você conhece?



As redes elétricas inteligentes começam a chegar por aqui, mais precisamente, no Rio de Janeiro. Mas, o que significa ter uma rede elétrica inteligente?
Fábio Toledo é superintendente de tecnologia e inovação da Light e nos explica que "o Smart Grid é um programa de redes inteligentes, que compreende desde a automação das redes elétricas, até a otimização dos equipamentos que temos instalados nessas redes. Ela vai até a residência do consumidor, passando pelos medidores de energia".

Em inglês, as redes inteligentes são chamadas de Smart Grids. E são vários os benefícios de transformar as redes elétricas em redes inteligentes. Começa pela economia na conta de luz e vai muito além.

"Nos temos o medidor inteligente, as tomadas inteligentes, os mostradores inteligentes e toda a parte de automação da rede", enumera Fábio, que explica que daqui a alguns anos, o consumidor de energia residencial pode vir a se tornar um "prósumidor", ou seja, exportar energia para a rede elétrica. Explicando melhor, ele irá "revender energia", diz.

No centro dessa história, estão os medidores inteligentes. Eles substituem os atuais relógios de luz e são acompanhados de um display, que fica instalado dentro de casa. Aqui, você vai poder saber o consumo imediato de energia, ou seja, quanta energia está sendo consumida naquele momento na sua casa. O melhor, é que vai dar para monitorar o consumo de qualquer lugar, por meio de aplicativos para smart TVs, tablets, celulares ou simplesmente acessando a internet.

Fábio diz que "através de todas essas tecnologias, eles podem coletar dados de leitura de seus medidores, podendo verificar o consumo diário, semanal, mensal e até estabelecer metas de consumo". Ele dá como exemplo o caso de alguém que quer gastar 150 kWh por mês de consumo de energia: "Assim, o sistema irá configurar isso, através de um dos aplicativos e será refletido para todos eles, mas diferentes interfaces. Uma vez que a previsão do consumo ultrapassa esses valores, os clientes receberão alarmes", explica.

Uma das principais características dos medidores inteligentes é que eles conseguem se comunicar, tanto com o centro de operações da empresa de luz, quanto entre eles. Essa comunicação é feita por rádio por meio de roteadores instalados nas ruas, quase como uma rede Wi-Fi. Uma das grandes vantagens é que os medidores podem, por exemplo, enviar um alarme para a concessionária em caso de queda de energia ou até se comunicar com outros medidores inteligentes para corrigir automaticamente uma falha em alguma região específica.

Fábio também explica que esse equipamento permite a automação das tomadas. Então, o consumidor de qualquer local, utilizando uma série de mídias diferentes e que tenham conexão com a internet, poderá ligar e desligar essa tomada a distância. Então, por exemplo, ele poderia ligar o ar-condicionado antes de chegar em casa ou desligar algum equipamento que ficou em atividade.

Fonte e Créditos: aqui

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre