Alternativas ao Flash Player


A notícia do acordo entre Google e Adobe para disponibilizar o flash player no Chromesó tem levado a muitas discussões, especialmente para usuários que usam o Mozilla Firefox,Midori e etc. Mas felizmente existem excelentes projetos livres que permitem visualizar conteúdo em Flash em nossa distribuição sem ter que usar o plugin da Adobe.

Lightspark, por exemplo, é um projeto de código aberto que permite visualizar conteúdo em Flash do nosso navegador, também na última edição o player é muito melhor não só na estabilidade, mas também no apoio. Suporte melhorado com o YouTube, Vimeo e muitos outros sites também graças à Mesa 3D toolchain com o apoio de Gálio e LLVM para OpenGL ES 2.0 e EGL/GLES2.

CASO QUEIRA TESTAR...
Não instale se não sabe como fazer o caminho de volta.
Quero apenas tranquilizar alguns usuários mostrando alternativas!
Se tudo está funcionando corretamente, para quê mexer?

ALTERNATIVA 1

Lightspark está presente nos repositórios oficiais do Ubuntu. Portanto para instalar basta abrir um terminal e executar o seguinte comando (digite a senha de administrador quando esta for solicitada e tecle ENTER para prosseguir):

$ sudo aptitude install lightspark browser-plugin-lightspark

Podemos também instalar a última versão no Ubuntu (11.04/11.10/12.04) devido a construção diária dos pacotes disponíveis no PPA. Abra um terminal e execute os seguintes comandos:

$ sudo add-apt-repository ppa:sparkers/daily
$ sudo aptitude update
$ sudo aptitude install lightspark browser-plugin-lightspark

ALTERNATIVA 2

Outra alternativa é a ferramenta Gnash desenvolvido pelo projeto GNU para tocar (e criar) arquivos em Adobe Flash. Para instalá-lo no Ubuntu basta digitar no terminal:

& sudo apt-get install gnash mozilla-plugin-gnash

Como vimos há alternativa válida para o Flash Player, a esperança é que, gradualmente, todos os sites passem a utilizar HTML5 e, definitivamente, que estes problemas se transformem apenas numa lembrança ruim.


Fonte e Créditos: aqui

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre