Criando um ambiente de desenvolvimento para Android com Eclipse, Android SDK e PhoneGap no Ubuntu

Este tutorial descreve como você pode configurar um ambiente de desenvolvimento para a construção de aplicativos Android em um desktop usando Ubuntu 11,04 Eclipse, SDK do Android e PhoneGap. Vou descrever como construir aplicativos Android a partir da linha de comando com PhoneGap e da GUI com o Eclipse e PhoneGap e como testá-los em um emulador Android e em um dispositivo Android real. PhoneGap permite que você desenvolva suas aplicações Android utilizando tecnologias web, como HTML, CSS e JavaScript (por exemplo, com bibliotecas JavaScript como jQuery / jQTouch), e ele vai se transformar esses aplicativos web em aplicativos nativos Android (na verdade, PhoneGap suporta várias plataformas como o Android, iPhone, Palm, Windows Mobile, Symbian, assim você pode usar as mesmas fontes para criar aplicativos para várias plataformas).

Instalando Eclipse e pré-requisitos para o SDK do Android / PhoneGap
Primeiro, abra um terminal (Aplicações> Acessórios> Terminal):

 

Eclipse e os pré-requisitos para o SDK do Android e PhoneGap podem ser instalados da seguinte forma:

sudo apt-get install openjdk-6-jdk eclipse ruby rubygems ruby-dev
libnokogiri-ruby git ant libxml2 libxml2-dev libxslt1-dev
 
Se você está em um sistema de 64 bits, você também precisará instalar os seguintes pacotes:

sudo apt-get install lib32stdc++6 ia32-libs
 
Instalando o SDK do Android

Abra o Firefox e vá para http://developer.android.com/sdk/index.html. Lá você vai encontrar links para o SDK do Android para diferentes plataformas (Windows, Mac OS X, Linux). Copie o local do link do download para Linux (i386) (não se preocupe, esse download funciona tanto em plataformas i386 e x86_64 !)

 

… e fazer o download e descompactá-lo da seguinte forma:

cd ~
wget http://dl.google.com/android/android-sdk_r11-linux_x86.tgz
tar xvfz android-sdk_r11-linux_x86.tgz
 
Isto lhe dará o diretório android-sdk-linux_x86 em seu diretório pessoal ($ HOME). 

Devemos adicionar o diretório $ HOME/android-sdk-linux_x86/tools eo diretório $ HOME/android-sdk-linux_x86/platform-tools a nossa variável PATH, que fazemos da seguinte forma:

gedit ~/.profile
 
… e adicione a seguinte linha na parte inferior do arquivo:

PATH="$HOME/android-sdk-linux_x86/tools:$HOME/android-sdk-linux_x86/
platform-tools:$PATH"
 
Para fazer a mudança efetiva (de modo que não temos que sair e voltar), execute:

export PATH="$HOME/android-sdk-linux_x86/tools:$HOME/
android-sdk-linux_x86/platform-tools:$PATH"
 
Agora inicie o SDK Android:

android
 
 

Selecione os pacotes disponíveis no painel esquerdo e selecione Repositório Android no painel direito para baixar pacotes SDK:

 

Os pacotes que pertencem ao grupo Repositório Android devem ser selecionados. Clique no botão Install Selected:


Aguarde o download terminar e quando o aplicativo pedir pra reiniciar clique em “yes”.

Se você quiser usar o Eclipse para criar seus aplicativos Android em vez da linha de comando, é preciso integrar o SDK do Android no Eclipse. Para fazer isso, inicie o Eclipse (Aplicações>> Programação>>Eclipse):
Uma pequena janela é aberta. Preencha os seguintes valores e clique em OK:

Nome: Plugin ADT
Localização: https://dl-ssl.google.com/android/eclipse/

 

Volte à janela de software disponível, você deve ver agora as ferramentas para desenvolvedores de software. Selecione o software e clique em Next> até finalizar o processo de dwonload e instalação dos pacotes necessários.

Agora há um último passo para completar a integração do Android SDK  no Eclipse:

Ir para Window> Preferences:

Na janela Preferences, selecione Android no painel esquerdo, e depois clique no Browse … botão que pertence ao campo Localização SDK no painel direito:

 

Selecione o diretório onde o SDK do Android está localizado (é android-sdk-linux_x86 em seu diretório home) e clique em OK:

 

Voltar na janela de Preferências, clique em Aplicar (você verá versões com suporte Android na coluna de Nome Target) …

 

Depois Clique em OK

Agora precisamos instalar o PhoneGAP:

Para instalar PhoneGap, abra o Firefox e vá para https://github.com/phonegap/phonegap-android. Clique no botão Downloads:

Selecione Download tar.gz da sobreposição que é mostrada.:


Depois de terminado o download, vá até o diretório onde o download foi salvo (por exemplo ~ / Downloads /):

cd ~/Downloads/
 
Para extrair digite:

tar xvfz phonegap-phonegap-android-0.9.5.1-15-g939754e.tar.gz
 
No meu caso isso cria o diretório PhoneGap-PhoneGap-android-939754e dentro do diretório Downloads. Eu quero mover o diretório para o meu diretório home e renomeá-lo para PhoneGap-PhoneGap-android:

mv phonegap-phonegap-android-939754e ~/phonegap-phonegap-android
 
Devemos adicionar o diretório bin dentro do $ HOME / PhoneGap-PhoneGap-android para nossa variável PATH, portanto, nós editar o ~ / profile novamente.:
 
cd ~
gedit ~/.profile
 
Substitua a antiga linha do path por essa:

PATH="$HOME/android-sdk-linux_x86/tools:$HOME/android-sdk-linux_x86/
platform-tools:$HOME/phonegap-phonegap-android/bin:$PATH"
Para fazer as mudanças se efetivarem, execute:
export PATH="$HOME/android-sdk-linux_x86/tools:$HOME/
android-sdk-linux_x86/platform-tools:$HOME/phonegap-phonegap-android
/bin:$PATH"

Proximo passo é iniciar o emulador android:
O SDK do Android vem com um emulador de modo que você pode testar seus aplicativos no emulador, em vez de em um dispositivo Android real. Para criar um emulador, primeiro precisamos saber quais versões do Android (alvos) estão disponíveis, então digite no terminal:

android list targets
Available Android targets:
 id: 1 or "android-3"
      Name: Android 1.5
      Type: Platform
      API level: 3
      Revision: 4
      Skins: HVGA (default), QVGA-L, HVGA-P, HVGA-L, QVGA-P
 id: 2 or "android-4"
      Name: Android 1.6
      Type: Platform
      API level: 4
      Revision: 3
      Skins: HVGA, QVGA, WVGA854, WVGA800 (default)
 id: 3 or "android-7"
      Name: Android 2.1-update1
      Type: Platform
      API level: 7
      Revision: 2
      Skins: HVGA, QVGA, WQVGA400, WVGA854, WQVGA432, WVGA800 (default)
 id: 4 or "android-8"
      Name: Android 2.2
      Type: Platform
      API level: 8
      Revision: 2
      Skins: HVGA, QVGA, WQVGA400, WVGA854, WQVGA432, WVGA800 (default)
 id: 5 or "android-10"
      Name: Android 2.3.3
      Type: Platform
      API level: 10
      Revision: 1
      Skins: HVGA, QVGA, WQVGA400, WVGA854, WQVGA432, WVGA800 (default)
 id: 6 or "android-11"
      Name: Android 3.0
      Type: Platform
      API level: 11
      Revision: 1
      Skins: WXGA (default)
 id: 7 or "android-12"
      Name: Android 3.1
      Type: Platform
      API level: 12
      Revision: 2
      Skins: WXGA (default)
 
Vou agora criar um emulador chamado MySim para Android 2.3.3:

android create avd -n mySim -t android-10
Android 2.3.3 is a basic Android platform.
 Do you wish to create a custom hardware profile [no] <-- ENTER
 Created AVD 'mySim' based on Android 2.3.3,
 with the following hardware config:
 hw.lcd.density=240
 vm.heapSize=24
 hw.ramSize=256
 
Para iniciar o emulador, execute:
emulator -avd mySim -scale 0.75
 

Com mais uma etapa comcluída, agora precisamos “meter a mão na massa”, ou seja, criar uma aplicação Android.
Para construir o meu Android app (que vamos chamar de TweetMe) de suas fontes de HTML, CSS e JavaScript, eu crio uma pasta chamada tweetme no meu diretório home, e nessa pasta tweetme eu coloco uma outra pasta chamada tweetme que contém as fontes (HTML, CSS, JavaScript):
No diretório  ~/tweetme/tweetme/ execute:
droidgap create
Isso irá criar o diretório ~ / tweetme / tweetme_android que contém tudo o que precisamos para construir nossa aplicação . O diretório ~ / tweetme / tweetme_android / assets / www / contém o nosso HTML, CSS,  fontes JavaScript  mais o PhoneGap. <versão>. Js.
cd ../tweetme_android/
Agora Eclipse aberta e vá para File> Project> New …:

 

Na janela Novo projeto, selecione Android> Project Android e clique em Next>:

 

Na janela New Project Android, selecione Criar projeto de fonte existente (nós temos criado anteriormente a fonte executando droidgap criar) e clique no Browse … botão – não preencher quaisquer outros campos nessa janela:

 

Selecione o diretório ~ / tweetme /tweetme_android e clique em OK:

 

Volte na janela New Project Android, todos os outros campos devem agora ser preenchidos. Clique em Concluir:

 

Agora você deve ver a árvore fonte de seu aplicativo no painel da esquerda. Botão direito do mouse  no arquivo /  www / index.html e selecione Abrir com> Editor de Texto:


Adicione a linha :
<script type="text/javascript" charset="utf-8"
src="phonegap.0.9.5.js"> </ script>
antes de todas as outras JavaScript para que fique da seguinte forma (se você tiver substituído phonegap.0.9.5.js com phonegap.0.9.4.js,  use a linha
<script type="text/javascript" charset="utf-8"
src="phonegap.0.9.4.js"> </ script>
Agora Salve o arquivo, e em seguida clique com o botão libs / PhoneGap <versão> arquivo jar e selecione Build Path> Add to Build Path:


Agora com o botão direito do mouse na raiz da nossa árvore de código fonte, tweetme e selecione Executar como> Aplicação Android:

 
Isto irá abrir o nosso emulador e iniciar automaticamente a nossa aplicação:
 
 
 
Pronto ! Chegamos ao objetivo final que é criar um ambiente de desenvolvimento simples e descomplicado para android.
Aconselho a todos que estudem um pouco mais sobre aplicativos android para que possam dar continuidade a criação de suas aplicações específicas, pois o que vimos aqui foi apenas um exemplo minimizado do que a plataforma oferece.
 
Fonte e Créditos: aqui

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre