Principais motivos que fazem os novos usuários desistirem de usar o Linux

Alguém decide conhecer um sistema Linux. Durante uma semana ou outra luta e reluta para se acostumar com um ambiente de trabalho diferente... mas se torna difícil porque falta tempo ou material de estudo. Portanto acaba desistindo. Será que você se identificou com essa situação? Se você está lendo esse artigo, no mínimo está querendo aprender mais sobre o assunto. E se você está lendo-o de um sistema operacional diferente do Linux, mas gostaria que fosse de um ambiente Linux... definitivamente você precisa continuar lendo ele agora mesmo!

Mas antes de começar, recomendo que leia isso:
Se você está aqui agora, com certeza precisa de uma força para continuar seus estudos. Portanto, com a minha experiência de vida pude observar que muitos deixam de usar um sistema Linux por 'n' fatores, mas que os principais são mais comuns que podemos imaginar.

Então acompanhe alguns deles:

1 - Quer aprender a usar, mas não quer usar...

Estranho, né? Eu sinceramente já me deparei com muitos casos com novos usuários que gostariam muito de usar o sistema Linux com mais frequência... mas simplesmente não usam o.O

Me responda... você está em um ambiente Linux agora?! Humm... não?! Então você acaba de fazer parte deste seleto grupo ;)

Simplesmente, novos usuários encontram muita dificuldade em usar sistemas Linux porque não se habituam com o novo ambiente! Alguns por receio em formatar sua máquina, removendo o sistema anterior para instalar um novo. Outros porque acham que lendo os blogs/sites sobre Linux e usando de vez em quando já basta para conhecer a nova ferramenta... e assim por diante!

Mas como resolver esse problema?

Muitos reclamam de tempo! Concordo que o tempo é prejudicial para alguns, mas que se você não tem tempo para se dedicar a alguma coisa; é melhor não continuar o.O Eu acho que isso serve para qualquer situação de nossas vidas!

Sendo assim, partindo pelo pressuposto que você tem tempo suficiente para aprender algo novo, eu tenho algumas dicas que podem resolver esse problema:
  1. Saiba como instalar o Linux sem comprometer a instalação de outro sistema pré-existente!
  2. Saiba porquê você precisa conhecer o conceito da virtualização de sistemas
  3. Saiba como instalá-lo como máquina virtual!
  4. Se decidiu usá-lo como dual-boot. Então precisa conhecer essas dicas
  5. Participe de um Curso Linux gratuitamente

2 - Dificuldade para encontrar material de estudo

Isso com certeza atrapalha e muito... tanto que criei o Linux Descomplicado com o intuito de facilitar a aprendizagem de novos usuários. Mesmo assim, isso não reflete na realidade existente. Pelo contrário, existem diversos blogs/sites sobre Linux que são, verdadeiramente, excelentes materiais de estudo.

Mas como resolver esse problema?

Para sanar esse problema segue uma lista dos principais blog/sites sobre Linux, que eu recomendo:

Underground Linux - http://www.udglinux.com/

E especialmente materiais, como o previsto Guia do Iniciante 2.0 são excelentes fontes de estudo o/

3 - Falta de foco...

Muitos usuários são atraídos a usar o Linux pela proposta do novo... novo sistema, nova ferramenta de uso pessoal, novo ambiente de trabalho, entre outros! Contudo, muitos não sabem porquê, de fato, estão aprendendo Linux. E isso é um grande problema.

Eu particularmente, comecei a estudar Linux por motivos profissionais e acabei tornando-o como ferramenta pessoal! Mas muitos estão se inserindo nesse universo por apenas curiosidade; para uso pessoal! E esse motivo "curiosidade" não motiva ninguém!! Concorda? Se você diz que está aprendendo alguma coisa, apenas para saber como funciona e como é; não terá ânimo nenhum para estudar mais e aprender mais coisas.

Mas como resolver esse problema?

O que deseja fazer com esse novo sistema? Eu lhe garanto que o que desejar fazer ele terá condições para prover... mas primeiro precisa saber o que deseja fazer!

Aqui no Linux Descomplicado, procuro atrair novos usuários com artigos de fácil acesso, sem muita complexidade. Mas as vezes me deparo com artigos mais "complexos"; e isso afasta esse perfil de usuário!

Sendo assim, se você deseja apenas usá-lo como ferramenta para uso pessoal, deve lembrar que precisa conhecer algumas peculiaridades do sistema. E se, para você, isso é um pouco "complexo"; é preciso rever o primeiro motivo desse artigo

4 - Comparações desnecessárias

Só existe comparação entre coisas do mesmo grupo ou setor... Então por quê comparar o Linux com outro sistema operacional? Sei que ambos são sistemas operacionais, mas possuem características totalmente diferentes!

Quem nunca ouviu isto: "Poxa... no Windows eu não preciso fazer isso! Lá é bem mais simples..."

Pois é... se você está propondo a mudar sua ferramenta de trabalho, deve lembrar-se que é necessário haver uma mudança de hábito. Não adianta nada pensar em mudar para o Linux se você toda hora fica comparando desnecessariamente com outro sistema operacional.

Mas como resolver esse problema?

Escolher usar o Linux não quer dizer que nunca mais usará outro sistema operacional. Pelo contrário... eu, particularmente, ainda hoje uso o sistema Windows por necessitar de alguns softwares que apenas rodam (ou rodam melhor) nessa plataforma!

É preciso aceitar que existem diferenças entre os sistemas (eu não estou dizendo que um é melhor que outro). E conhecer as peculiaridades de cada um para poder desfrutar ao máximo de cada recurso oferecido!

Para melhorar esse entendimento é preciso conhecer-las. Portanto descubra o que precisa saber para se dar bem no universo Linux.

Artigo originalmente publicado por Ricardo Ferreira Costa do Blog Linux Descomplicado

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre