Diga tchau aos QR codes: chegou a vez dos Touchcodes!

Para muita gente eles não passam de símbolos misteriosos e desconhecidos. Criado em 1994, no Japão, o QR Code é uma espécie de código de barras em duas dimensões. O nome vem da abreviação de Quick Response Code, em português, Código de Resposta Rápida.

Os QR Codes podem ser escaneados pela maioria dos telefones celulares com câmera fotográfica embutida. O usuário só precisa baixar um aplicativo de leitura para esse tipo de código – que hoje está disponível para praticamente todos os smartphones, de forma gratuita. Decodificado quase instantaneamente, o código se transforma em um arquivo de texto ou um link que irá levar a algum site, vídeo ou qualquer coisa publicada na internet. Claro, para ter acesso ao conteúdo online seu aparelho deve estar conectado a uma rede wi-fi ou contar com um plano de dados.Os QR Codes são muito usados em revistas e campanhas publicitárias. Mas ainda que nem tão popular assim, parece que o QR Code já tem seu sucessor: o Touchcode.

Desenvolvido por uma empresa alemã, o Touchcode é uma tecnologia que permite que aparelhos com telas sensíveis ao toque identifiquem códigos invisíveis. A principal diferença em relação ao QR Code é que o Touchcode não precisa de um software específico para a leitura dos códigos.A base do touchcode é uma tinta eletrônica e invisível aos olhos humanos que pode ser aplicada em qualquer produto ou embalagem. Quando a tela sensível ao toque entra em contato com o código, informações são automaticamente transmitidas para o dispositivo. Assim como o QR Code, o código de toque pode trazer desde endereços de sites como vídeos, fotos ou arquivos de áudio.

Já conhecia essa novidade? Já experimentou o QR Code? Separamos um link bem interessante com uma lista de aplicativos leitores para os mais diversos modelos de telefones celulares. Tem também um aplicativo por meio do qual você pode criar seus próprios códigos.




Fonte e Créditos: aqui

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre