Fazendo vídeo aulas com FFmpeg e ShellScript

Você já deve ter se deparado com a necessidade de fazer um tutorial ou apostila de uso para algum programa ou aplicativo instalado em seu computador?

Então que tal fazer isso em formato de vídeo, ou seja, tudo que você for fazendo na tela de seu computador poderá ser gravado e armazenado em formato de vídeo que pode ser compartilhado com quem você desejar.

Para conseguir essa proeza usaremos o ShellScript e o FFmpeg que combinados se tornam uma poderosa ferramenta para essa função sem as frescuras de muitas interfaces gráficas, então se você precisa capturar suas telas para criar vídeo aulas, essa é a combinação ideal, pois reúne velocidade, leveza e o poder do Shell.

Colocando a mão na massa

Antes de começar, se você usa Ubuntu, Debian ou algum de seus variantes, instale o ffmpeg, usando o comando:

$ sudo aptitude install ffmpeg -y

Se você usa VRlivre, pode esquecer o passo acima, pois o mesmo já tem o ffmpeg instalado.

O script

Abaixo eu deixo o script que estou usando para esse serviço, agora vai a dica se você não sabe o que é e e nem e, mas quer conhecer essas maravilhas aconselho começar lendo ShellScript e o FFmpeg. 

Basta copiar e colar em um editor de textos, tipo Gedit, Kedit, etc.. e depois salvar com um nome bem sugestivo. 

##########     Copie daqui para baixo     ##########
#!/bin/bash
# virmal_divx 2012

## Essa linha serve para pegar a resolução do seu monitor e armazenar na variável "size"
size=$( xdpyinfo | grep 'dimensions:' | awk '{print $2}' )

## Essa linha serve para formar o nome com que o arquivo gerado, será salvo, essa configuração salva o arquivo assim "11_de_abril_as_07:47" (dia, mês e hora da gravação) e armazena na variável "name" 
name=$( date +'%d_de_%B_as_%I:%M%#p' )

## Essa linha eu acrescento "gravado_em_" e junto com a variável "name" e acrescento a extensão final do arquivo, nesse caso ".avi" e armazeno na variável "video"
video="gravado_em_$name.avi"

## Essa linha faz o início da gravação (Áudio e Vídeo), abrindo um terminal que você vai minimizar e começar a sua gravação, quando quiser parar a gravação basta ir a esse terminal que foi aberto e apertar "CTRL+C" o arquivo gravado será salvo na pasta que você rodou o script.
xterm -e ffmpeg -f alsa -ac 2 -i pulse -f x11grab -s $size -r 30 -qscale 1 -i :0.0 $video

## Essa linha faz o início da gravação (Somente o Vídeo), abrindo um terminal que você vai minimizar e começar a sua gravação, quando quiser parar a gravação basta ir a esse terminal que foi aberto e apertar "CTRL+C" o arquivo gravado será salvo na pasta que você rodou o script. Para funcionar, descomente a linha abaixo e comente a linha acima.
###xterm -e ffmpeg -f x11grab -s $size -r 30 -i :0.0 -sameq $video

##########     Aqui termina o Script     ##########

Terminou, salve o arquivo e de permissão de execução para o mesmo e mova o script para uma pasta que fica em um dos caminhos do sistema, assim ele poderá ser executado em qualquer pasta que você estiver, use com o comando:

$ sudo chmod +x nome-do-arquivo + enter
$ sudo mv nome-do-arquivo /usr/local/bin + enter

Pronto agora prepare o microfone, seu material de trabalho e comece suas gravações, no começo você vai ter que ir gravando e assistindo para ver como ficou o volume, velocidade de seus movimentos, sua fala, etc... mas depois que acostumar ai e só correr pro abraço.

o comando para iniciar a gravação, pode ser chamado na assim:

$ nome-do-arquivo + enter

Espero que possam usar bastante.

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre