APT - Comandos que você deveria conhecer



No início havia o .tar.gz. Os usuários sofriam para compilar cada programa usado em seu sistema GNU/Linux, ou outro qualquer. Quando o Debian foi criado, sentiu-se a necessidade de um sistema de gerenciamento de pacotes instalados no sistema. Deu-se a esse sistema o nome de dpkg. Assim surgiu o famoso `pacote'. Logo após a Red Hat resolveu criar seu conhecido sistema rpm.


Rapidamente outro dilema tomou conta das mentes dos produtores de GNU/Linux. Uma maneira rápida, prática e eficiente de se instalar pacotes, gerenciando suas dependências automaticamente e tomando conta de seus arquivos de configuração ao atualizar. Assim, o Debian, novamente pioneiro, criou o APT ou Advanced Packaging Tool, hoje portado pela Conectiva e incorporado por algumas outras distribuições.


Veja uma lista com comandos que você deveria conhecer:
- Atualizar o cache do repositório:
sudo apt-get update

- Atualizar o sistema
Corra o comando anterior. Em seguida faça:
sudo apt-get upgrade

- Atualizando a distribuição:
Corra o primeiro comando dado, em seguida faça:
sudo apt-get dist-upgrade

- Para verificar se um determinado pacote está instalado. Se estiver mostrar a versão:
dpkg -l nome-do-pacote

- O dpkg normalmente não relata os pacotes que estão disponíveis, somente os instalados
Se você quiser ver tanto a versão instalada e quais versões estão disponíveis, use este comando:
apt-cache policy 
nome-do-pacote

- Procurar um software disponível(Debian e derivados)
i = instalado e p = disponível:
apt-cache search nomedopacote
ou...
aptitude search nomedopacote
ou...
aptitude search nomedopacote

- Para saber quais as dependências de um pacote:
apt-cache depends nomedopacote

- Mostrar as dependências reversas do pacote:
apt-cache rdepends nomedopacote

- Lista de atualizações disponíveis do apt sem atualizar o sistema

Isso permite que você descubra os pacotes totais que têm atualizações disponíveis. Útil se você quiser verificar ou mostrar as atualizações totais disponíveis em seu sistema:
apt-get -s upgrade | awk '/[0-9]+ upgraded,/ {print $1 " package updates are available"}'
Ou...
apt-get --just-print upgrade
- Mostrar a versão de um pacote em distribuição baseada no Debian: apt-cache show  | grep -i "version:"
ou...
-v

- Imprimir lista ordenada de todos os pacotes instalados (Debian):
aptitude search -F "%p" --disable-columns ~i

- Lista pacotes instalados (excluindo Essentials) em ordem alfabética e agrupados pela letra inicial:
aptitude search '~i!~E' | grep -v "i A" | cut -d " " -f 4

- Como saber o número total de pacotes disponíveis:
apt-cache stats

- Gera uma lista de pacotes instalados em sistemas baseados em Debian:
dpkg -l
ou...
aptitude search ~i -F %p

- pesquisar no repositório
Esta é a melhor maneira que eu encontrei para procurar um aplicativo quando eu não tenho certeza do título:
aptitude search ~d "irc client"|grep -i "palavra chave"

- Mostrar os metadados de um pacote (dependência, status ...) no Debian e derivados:
aptitude show nomedopacote

- Adicionar repositório na lista de fontes sem edição sources.list:
add-apt-repository [REPOSITÓRIO]

- Remova todos os vestígios de um aplicativo
Esta configuração irá remover a sujeira, as configurações, qualquer vestígios de pacotes instalados:
function nuke() { if [ $(whoami) != "root" ] ; then for x in $@; do sudo apt-get autoremove --purge $x; done; else for x in $@; do apt-get autoremove --purge $x; done; fi }

- Remova todos os arquivos de configuração de pacotes desinstalados no Debian e derivados (como administrador):
dpkg -l | grep ^rc | awk '{print $2}' | xargs dpkg -P
ou...
dpkg -l | grep ^rc | cut -d' ' -f3 | xargs dpkg -P
ou...
aptitude purge '~c'

- Verifique as chaves de segurança apt
Por exemplo: verificar as chaves de segurança do APT para garantir que o Google assinatura digital foi importado corretamente:
apt-key list

- Atualização completa e limpeza em uma única linha:
sudo apt-get update && sudo apt-get upgrade && sudo apt-get autoclean && sudo apt-get autoremove

- Remover pacotes que foram instalados hoje (debian e derivados):
grep -e `date +%Y-%m-%d` /var/log/dpkg.log | awk '/install / {print $4}' | uniq | xargs apt-get -y remove

- Mostrar a configuração do apt/dpkg:
apt-config dump

- Obter melhorias para um sistema Debian e derivados
Instale aria2c antes de tentar o comando abaixo. No ubuntu o comando para instalar aria2c seria "sudo aptitude install aria2":
sudo aptitude update; sudo apt-get -y --print-uris upgrade | egrep -o -e "http://[^\']+" | sudo aria2c -c -d /var/cache/apt/archives -i -; sudo aptitude -y safe-upgrade

- remover pacote ofãos no sistema baseado em Debian:
sudo deborphan | xargs sudo apt-get -y remove --purge
ou...
aptitude remove $(deborphan)

- Para reinstalar um pacote:
apt-get install --reinstall nomedopacote

- Remover aplicativo instalado:
apt-get purge nomedopacote

- obter lista de atualizações disponíveis apt sem atualizar o sistema
Faz apenas uma simulação exibindo o resultado na tela:
apt-get --just-print upgrade

- Lista os kernels isntalados:
aptitude search \~ilinux-image

- Instale os cabeçalhos do kernel Linux:
sudo apt-get install linux-headers-$(uname -r)

- Limitando a banda do apt-get
apt-get é muito agressivo quando ele baixa, potencialmente monopolizando a largura de banda da rede. A 25 está em KB, mudar isso para suas necessidades:
sudo apt-get -o Acquire::http::Dl-Limit=25 install 
Fonte e Créditos: aqui

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre