O que você precisa saber sobre a prévia do Ubuntu para celulares


Postagem Original feita Por  em 22 de fevereiro de 2013

Ontem a tarde a Canonical liberou uma prévia do Ubuntu para celulares para desenvolvedores, deixando muita gente com água na boca e alguns desavisados desapontados. Além da prévia a empresa também liberou o código fonte, revelando algumas informações interessantes sobre o projeto.
Apesar de estar longe de ser um produto utilizável no dia a dia para muitos, a prévia da um gostinho do que está por vir em outubro, quando se espera que a imagem final será liberada ao público junto com o Ubuntu 13.10. Vale lembrar que esta é uma prévia para desenvolvedores apenas, e muita coisa não funciona.

Quais aparelhos podem rodar a prévia?

Galaxy Nexus rodando o Ubuntu para celulares
Galaxy Nexus rodando o Ubuntu para celulares
Com as imagens liberadas ontem e informações previamente disponíveis, sabemos que a prévia doUbuntu para celulares roda oficialmente nos seguintes aparelhos:
  • Galaxy Nexus
  • Nexus 4
  • Nexus 7
  • Nexus 10
Vale lembrar que quando falamos do Galaxy Nexus, que também é conhecido como Galaxy X aqui no Brasil, estamos falando do modelo GSM do aparelho. Se por algum motivo você tiver o modeloCDMA ou LTE, terá que recorrer a comunidade para poder utilizar a prévia com tudo o que ela oferece.
Galaxy SIII rodando o Ubuntu para celulares
Samsung Galaxy SIII é o primeiro aparelho a receber um port não oficial do Ubuntu para celulares
Hoje também recebemos a informação do primeiro port não oficial da prévia, feita pelo desenvolvedor Thunderstorm do fórum Rootzwiki. Ele compilou o código fonte para o Samsung Galaxy SIII e agora você já pode fazer a instalação nesse aparelho também. O método de instalação oficial não funciona para esse aparelho, então você terá que seguir o tutorial postado no Rootzwiki.

Instalando a prévia no Galaxy Nexus

A instalação é muito simples e rápida, dependendo da sua conexão, e com um simples comando no terminal você faz a instalação no aparelho. Abra o terminal com o atalho <Ctrl + Alt + T> e copie/cole o comando abaixo:
sudo add-apt-repository ppa:phablet-team/tools && sudo apt-get update && sudo apt-get install phablet-tools android-tools-adb android-tools-fastboot
Agora você tem as ferramentas necessárias para os procedimentos que vamos fazer. Continuando.

Desbloqueando o bootloader

Antes de fazer a instalação no aparelho, porém, é necessário desbloquear seu bootloader. Para isso desligue o seu Nexus e ligue-o novamente, mas apertando o botão de ligar e ambos os de volume. Seu aparelho deve ficar como na imagem abaixo:
Bootloader do Galaxy Nexus
Conecte-o ao seu computador e ainda no terminal, digite o comando abaixo:
fastboot oem unlock
Agora usando os botões de volume, confirme os termos no aparelho, e ligue o aparelho novamente. Pronto, seu bootloader está desbloqueado e seu aparelho está pronto para receber a prévia doUbuntu para celulares.

Instalando a prévia no aparelho

Antes de fazer a instalação no seu aparelho, tenha em mente que não há uma forma de fazerdual boot com o Android ainda. Lembre-se também que essa é uma prévia para desenvolvedores, não para o consumidor final, portanto pouca coisa funciona. Mas se você estiver desenvolvendo para o aparelho, a prévia é uma ótima forma de testar seus aplicativos.
Com o aparelho ligado, faca backup de tudo o que achar importante. Você irá perder todos os seus contatos, mensagens e afins, e como esta é apenas uma prévia para desenvolvedores, ainda não há uma forma de exportá-los. Com isso feito e com o Nexus ainda conectado via USB ao computador, digite o seguinte no terminal:
phablet-flash -b
Aguarde o processo terminar e curta sua prévia :)

O que achamos da prévia até agora?

Click to play
Um pouquinho da prévia para desenvolvedores do Ubuntu para celulares
É difícil falar de um produto que está em um estado tão inicial. Antes mesmo de ser considerado uma prévia para desenvolvedores, ele deve ser considerado uma versão pré-alpha, pois muita coisa não funciona ainda. Os aplicativos funcionais no momento são:
  • Galeria;
  • Câmera;
  • Telefone, com discador, SMS e lista de contatos;
  • Navegador, com muitos bugs;
  • Tocador de áudio e vídeo;
  • Bloco de notas.
Ligação para o Galaxy Nexus
Mesmo sendo uma prévia bastante limitada, é possível fazer e receber ligações
Também existem aplicativos que são apenas links para suas interfaces web, como o GMail, Twitter, Ubuntu One e Facebook. A conectividade do aparelho funciona apenas por Wifi, pois o 3G ainda não funciona, e há problemas no gerenciamento da memória. Após alguns minutos de uso, o aparelho começa a ficar lento, sendo necessário reiniciar o mesmo.
Todos esses são bugs reportados e que a Canonical está trabalhando para consertar. Lembre-se:este é um projeto que ainda está engatinhando. Apesar de tudo isso, é interessante notar como a performance é excelente para um projeto ainda tão novo.
Aplicativo de telefonia
Esse é o aplicativo de telefonia do Ubuntu para celulares
Algumas animações chegam a ser mais rápidas que as da versão Jelly Bean do Android, antes dos problemas de memória aparecerem e você ter que reiniciar o aparelho, claro. Mas o mais interessante é como ele se comporta bem, como é fácil e natural usar e navegar pelo sistema. Com mais alguns meses de desenvolvimento, creio que a Canonical nos entregará um excelente produto.

Algumas curiosidades que encontramos

  • O nome original do SO é Ubuntu Touch, mas no Brasil é chamado de Ubuntu para celulares. O motivo é óbvio.
  • Ao tentar instalar o aplicativo do GMail, você é redirecionado para a loja de aplicativos da Apple;
  • Ubuntu para celulares usa a CyanogemMod 10.1 como base, e seus desenvolvedores estão felizes com isso;
  • Nem X nem Wayland, o Ubuntu para celulares usa o SurfaceFlinger do Android;
  • A prévia vem com uma conta demo, e nela você pode ver vários contatos de desenvolvedores da Canonical, além de piadas e outras coisas;
  • Algumas (ou seriam todas?) das informações de contato são reais;
  • Alguns envolvidos no projetos, como Ricardo SalvetiNick Tait e Mika Meskanen, já foram entrevistados pelo blog Ubuntu-BR-SC;
  • Dois envolvidos no projeto já participaram do Papo de Buteco do blog Ubuntu-BR-SC. Um na primeira temporada, quase como participante fixo, e o outro na segunda.

Quando os primeiros aparelhos estarão disponíveis para o público?

O que dez entre dez entusiastas do Ubuntu querem saber, é quando teremos os primeiros aparelhos sendo vendidos ao público e quando teremos a versão final com todos os recursos disponíveis. Segundo Mark Shuttleworth, os primeiros aparelhos começarão a ser vendidos nos primeiros meses de 2014. Ainda não sabemos quais operadoras ou OEMs estão em contato com a empresa, mas a AT&T demonstrou bastante interesse na CES.
Mark Shuttlework e o Ubuntu para celulares
Quanto a versão final, teremos uma build estável com o lançamento do Ubuntu 13.10, em outubro, mas só veremos a versão final do produto com o Ubuntu 14.04. Shuttleworth diz que a próxima versão LTS será apenas um arquivo, mas que será possível fazer a instalação em computadores, celulares, tablets e televisões.
O núcleo do Ubuntu será o mesmo para todos os dispositivos, mas cada um terá sua interface própria. É uma ideia bastante interessante, mas arriscada também. A possibilidade de poder chegar em casa, conectar seu smartphone ou tablet em um dock e ter seu desktop Ubuntu pulando na sua tela é ótima, mas será que estamos preparados para isso? A Motorola tentou algo parecido com oAtrix, mas acabou não dando muito certo.

A adoção dos desenvolvedores

Uma coisa que AndroidiOS e Windows tem em comum, e que atrai tanto a atenção dos seus usuários, são os milhares aplicativos disponíveis para as plataformas. Não são raros os casos de usuários que não migram para outra plataforma, simplesmente porque o aplicativo X não está disponível na plataforma Y.
Microsoft Office
Para algumas pessoas, a falta da suíte de escritório da Microsoft é motivo suficiente para não migrar de plataforma
Canonical sabe da importância dos aplicativos para o mundo móvel e desktop, e está trabalhando duro nisso. O primeiro passo foi o lançamento do SDK oficial para dispositivos móveis, e depois a prévia para desenvolvedores. Essa prévia é perfeita porque desenvolvedores podem ver, com apenas um clique no teclado, como seu aplicativo se comporta em um aparelho rodando o sistema operacional.
O interessante é que qualquer desenvolvedor Android que leva seu trabalho a sério, já desenvolve usando o Ubuntu, por ser a plataforma recomendada. A cereja no topo do bolo é que aplicativos desenvolvidos para a plataforma são universais, e irão rodar no seu computador, celular, tablet e até na sua televisão.
Ubuntu para celulares atraiu a atenção de muita gente, inclusive grandes operadoras norte americanas e algumas OEMs. Se a empresa jogar as cartas certas, ele tem tudo para se tornar um sucesso e ajudar o Ubuntu nos desktops a crescer também. Não será fácil, mas é algo possível.
Fonte e Créditos: aquiUbuntu-BR-SC

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre