Lançado Ubuntu 13.04 Beta Final


O único beta do Raring Ringtail, o Ubuntu 13.04, foi liberado para que usuários e desenvolvedores possam ter um preview da próxima versão do sistema operacional, a ser lançado no final deste mês. Embora ostente um kernel Linux 3.8.5, Upstart 1.8, e um suporte interno ao Python 3, o Ubuntu 13.04 não está, de certa forma, bem alinhado aos recursos.

A característica mais notável para os usuários, Smart Scopes, agora carece de ação. O Smart Scopes é destinado a expandir as capacidades do Dash do Unity do sistema de arquivos local, lojas do Ubuntu One e Amazon, para incluir muitas outras fontes de informação. Mas, apesar de classificar e receber uma exceção de recurso para fazê-lo no 13.04, o Smart Scopes foi adiado até a versão 13.10 porque, de acordo com Jono Bacon, não foi capaz de “atender às necessidades de qualidade para o Ubuntu”. A perda do Smart Scopes também significa que as melhorias de privacidade em curso no 13.04 para oferecer maior controle granular sobre quais recursos são pesquisados ​​também não estarão incluídas nesta versão e os usuários foram deixados com “todos os recursosonline” do 12.10 ou sem essa opção.

Outra característica que foi descartada é o instalador Wubi. O Wubi não havia sido atualizado no Windows 8 e uma série de bugs no instalador significavam que a decisão foi tomada para abandonar o suporte de instalação ao Wubi a partir da versão 13.04 do Ubuntu. Não está claro se o recurso retornará na versão 13.10.

Um recurso que aparece na versão beta, ainda que como um preview técnico, é o Upstart User Sessions. Desabilitado por padrão no momento, recurso permite que o sistema Upstart gerencie a sessão de desktop do usuário. Também não está claro o uso ou planos futuros para o recurso.

A versão Beta 2 é a primeira aparição do Ubuntu GNOME 13.04 desde o remix ter se transformado em uma edição oficial do Ubuntu. Esta versão inclui o GNOME 3.6, mas um GNOME3 PPA também terá um preview do GNOME 3.8 disponível. Ao contrário da versão anterior, GNOME Remix 12.10, o Firefox agora é o navegador padrão, e o Ubuntu Software Center e gerenciadores de atualização associados são utilizados, ao invés do packagekit, enquanto Abiword e Gnumeric foram substituídos pelo LibreOffice na instalação padrão. Há também correções de bugs para o Ubuntu Kylin e outros remixes.

Tal como acontece com todas as versões de desenvolvimento, o Ubuntu 13.04 não deve ser usado em sistemas de produção ou com missão crítica. Em 2012, um número de testadores caíram em desgraça com um problema no tempo de instalação, onde as instalações Linux existentes ou partições podiam fazer com que o instalador falhasse.

As imagens das versões servidor e desktop do Ubuntu 13.04 Beta 2 estão disponíveis para download. Detalhes de como fazer o upgrade para a versão beta e onde baixar outras imagens ISO da edição beta 2 do Ubuntu estão disponíveis no Raring Ringtail Technical Overview.

Com informações de The H Online

Fonte e Créditos: aqui

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre