Replicant - o fork do Android apoiado pela Free Software Foundation


O Android, projeto que todos conhecem bem, por ser a base de muitos smartphones que hoje em dia são vendidos e que todos podem usar tem um irmão menos conhecido e que é tão ou mais capaz. Falamos do Replicant, uma derivação (fork) do código original e que é mantido por alguns programadores que o desenvolvem e mantêm. Agora a Free Software Foundation começou uma recolha de fundos para ajudar a manter e a desenvolver o Replicant.

O Replicant é uma versão completamente gratuita e open-source do Android, onde todas as componentes registadas e pertencentes a empresas terceiras, e que cobram pela sua utilização, são substituídas por outras completamente gratuitas.

Esta versão do Android é o primeiro sistema operativo móvel a correr sem que tenha de ser suportado por código proprietário ou patenteado por terceiros. A Free Software Foundation começou agora uma recolha de fundos e de doações para que a pequena equipa que desenvolve o Replicant possa continuar o seu trabalho de forma mais folgada e para que possam comprar equipamentos para testar o Replicant.

Esta equipa de programadores voluntários tem-se dedicado a manter e a melhorar o Replicant para que este possa correr sem ter de usar qualquer código de terceiros. Tipicamente este código é o que faz a ponte entre o sistema operativo e é o sistema operativo e que permite usar o hardware de forma integrada com Android.

Por ser código de terceiros a que ninguém tem acesso, pode estar comprometidos os dados e a segurança dos utilizadores. É aqui que os programadores do Replicant pretendem agir com o seu sistema operativo. É ainda pretendido que o Replicant seja uma alternativa ao próprio Android, permitindo que os utilizadores tenham a acesso a versões do SO sem todo o software adicional e desnecessário que tantas vezes equipam os terminais móveis.

O Replicant tem a sua própria loja de aplicações, o F-Droid, onde todos podem encontrar aplicações similares às que encontram na Google, mas gratuitas. A própria Free Software Foundation recomenda que os utilizadores do Android troquem a loja de aplicações da Google por esta.

A mais recente versão do Replicant foi colocada a correr em vários modelos da família Galaxy, alguns tablets da família Galaxy Tab e também em alguns Nexus. Esta campanha, que partiu da Free Software Foundation, pretende dar alguma liberdade aos programadores que mantêm o Replicat, permitindo que estes adquiram novos equipamentos onde vão desenvolver o Replicant e também pagar despesas de deslocação para eventos.
Está assim garantido um novo fôlego para este irmão gratuito do Android. Estas verbas vão garantir a continuidade deste projecto e os seus desenvolvimentos futuros.


Fonte e Créditos: aqui

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre