Conheça um pouco melhor o SteamOS - A grande novidade da Valve

Mal foi lançado e já é notícia em todos os sites e blogs da Internet


Mas eu realmente tenho um ponto de vista sobre o assunto que não vi em nenhum lugar sobre o SteamOS e este é o motivo deste post.

O que é o SteamOS

Caso você esteja desinformado sobre o assunto, o SteamOS é uma nova plataforma que está sendo disponibilizada e desenvolvida pela Valve como sistema operativo para a sua televisão com integração com o Steam instalado no seu computador com uma série de possibilidades como jogar games diretamente na TV, fazer Streaming dos seus gameplays, ouvir música e ver filmes, etc, muitos recursos deverão ser implementados com o tempo.


O sistema é baseado em Linux, e por conta da aliança da Valve com a Canonical a base será o Ubuntu, na prática o sistema funciona de uma maneira parecida com a Big Picture, que é um função do cliente Steam quando fica em modo tela cheia.

Onde se encaixa o SteamOS

O SteamOS é gratuito para usuários, tudo indica que funcionará em computadores também ( ninguém sabe exatamente como ainda ) e pode ser licenciado gratuitamente para empresas também, porém, o meu maior palpite é que ele caia como uma luva no Steam Box.


Mas que raios é o Steam Box?

O Steam Box é o projeto da Valve para criar um console de video game para concorrer com o PlayStation e o Xbox ( Wii U?) no mercado, ele precisa de um sistema operacional e tudo indica que o SteamOS deverá ser o software que vai dar vida à ele.

Por ser Linux, o SteamOS pode ser adaptado para rodar em dispositivos diferentes como televisores, PC's e portáteis ( além de um console ).

No que isso pode afetar o mercado e a comunidade Linux?
Lançar o sistema operacional é apenas um passo, mais uma maneira de faturar, mas acredito que o grande passo se dá quando o sistema for embarcado em um console, onde o Steam Box tem tudo para de largada já assumir o terceiro posto como o console mais vendido e com muita probabilidade de crescimento.

Do ponto de vista da comunidade Linux a Valve apostar tanto no Pinguim mostra a real possibilidade de Linux rodar games High-End prova muita coisa, significa tão e somente que o Linux não tem ( por enquanto ) games do tipo AAA por conta dos desenvolvedores e se mostra uma plataforma estável e segura a ponto de ser usada no SteamOS e também no PlayStation 3, que roda uma versão modificada do FreeBSD.

O projeto ainda está no início mas se tudo der certo, e tem tudo para dar, nós usuários Linux, especialmente Ubuntu e derivados, teremos muito à ganhar!


Fonte e Créditos: aqui

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre