Disponibilizados na internet milhares de documentos de Albert Einstein


A Universidade de Princeton, nos EUA, e a Universidade Hebraica de Jerusalém, desde 1986, tem analisado documentos deixados por Albert Einstein. Estes são conhecidos como os “Pergaminhos do Mar Morto” da física, com mais de 80 mil cópias usadas por talvez um dos maiores gênios da história humana. Todo este acervo está finalmente online, no portal ‘Digital Einstein’.

A iniciativa foi colocada a público na última sexta-feira (5/12), e tem com ideia principal dar a todos que possuem acesso à internet a chance de conhecer e saber um pouco mais sobre os trabalhos do físico alemão. Os internautas terão acesso a cartões postais, diários, artigos, documentos e cartas deixados por Albert Einstein depois de sua morte, ocorrida em 1955.

Conforme o Dr. Kormos-Buchwald, responsável pelo projeto online, o acervo contará com versões em inglês e alemão. Cartas de amor, arquivos do seu divórcio, transcrições dos tempos de colégio e o diário onde escreveu suas primeiras palavras sobre a teoria da relatividade também estão disponíveis no acervo.

Fonte e Créditos: aqui

0 comentários:

O conteúdo deste blog/site pode e deve ser divulgado, conforme lei a 9.610/98 meus direitos estão assegurados, portanto eu permito a copia e reprodução gratuita, seja total ou parcial, não acarretando qualquer onûs financeiro aos interessados, porém, vedo o uso para fins lucrativos, toda reprodução para o público deve citar a fonte extraída, no caso o Técnico Linux - O Espaço do Software Livre e seja citada junto com um link para a postagem original, onde a referência deve estar numa fonte de tamanho igual ou maior a do texto, obviamente que os links citados não estão sujeitos ao mesmo termo. O conteúdo textual original desta página está disponível sob a licença GNU FDL 1.2.

Todas as marcas citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. Os direitos autorais de todas as ilustrações pertencem aos respectivos autores, e elas são reproduzidas na intenção de atender ao disposto no art. 46 da Lei 9.610 - se ainda assim alguma delas infringe direito seu, entre em contato para que possamos removê-la imediatamente ou ainda lhe dar os devidos créditos.

Copyright © 2016 O Espaço do Software Livre