quarta-feira, 16 de abril de 2014

Simulador on-line para Arduino


A Autodesk entrou na área de simulação eletrônica. Oferecendo o 123D Circuits que tem uma versão que é gratuito e que roda direto no navegador.

Além de simular circuitos eletrônicos que incluem o Arduino, o 123D Circuits permite que criemos o desenho da placa de circuito impresso com o circuito que foi projetado e/ou simulado. Essa placa pode foi personalizada por você, ainda pode ser entregue em sua casa, claro que essa funcionalidade faz parte da versão paga do simulador.

No exemplo abaixo você pode experimentar o 123D Circuits, onde mostramos um circuito relativamente simples que eu construímos no Arduino, usando um resistor, 8 LEDs e um potenciômetro, como resultado podemos usar o potenciômetro para controlar a velocidade com que os LEDs acendem ou apaguem, dando uma ideia de corrida de luzes.

Para iniciar a simulação, basta apertar a setinha para a direita e usar o potenciômetro para aumentar ou diminuir a velocidade dos LEDs. 

Fonte e Créditos: aqui
Mais informações »

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Aula 04 - Potenciômetro, Teclado e Desafio - 12-04-2014



Robótica Educacional com Software e Hardware Livres no Sábado na Escola

A Robótica Educacional corresponde a uma aplicação da tecnologia na educação em que o ambiente de aprendizagem valoriza o planejamento, pesquisa, interesse, motivação e cooperação entre os alunos, através de uma rica experiência interdisciplinar, uma vez que envolve diferentes áreas de conhecimento e pessoas na resolução de problemas. A Robótica Educacional Livre, parte para soluções livres em substituição aos produtos comerciais, o que propomos e o uso de Hardware e Softwares Livres como base para a programação. Utilizaremos motores, componentes eletrônicos de baixo custo e algumas sucatas de equipamentos, para construção de KITS de robótica de acordo com a realidade de cada escola. 

Cidade: Volta Redonda
Estado: Rio de Janeiro
Local: Escola Municipal Marizinha Félix;
Horário: 08:00 às 11:30;

Roteiro de nossa 4ª aula:

1 - Explicação e a montagem na Protoboard do projeto "Controlando o LED com Potenciômetro (PiscaLed)".

Um exemplo do esquema de ligação do LED e Potenciômetro ao Arduino

Código de programação LED e o Potenciômetro na IDE do Arduino

Código fonte em formato de texto para copiar e colar na IDE do Arduino

// Inicio do programa Controle de Led com Potenciometro 
// Aqui estou dizendo para o computador os pinos
// que vou usar e dando um nome a cada um deles
// e informando as possiveis variaveis que usarei

int led = 9; 
int potenciometro = 2;
int tempo = 0;

void setup() {

// Aqui eu digo que o pino escolhido e de saida
pinMode(led, OUTPUT); 

}

void loop() {

// Leitura do valor do potenciômetro que é usada como delay
tempo = analogRead(potenciometro);
digitalWrite(led, HIGH); // aqui eu acendo o pino
delay(tempo); // temporizo a piscada com potenciometro
digitalWrite(led, LOW); // aqui eu apago o pino
delay(tempo);



2 - Explicação e a montagem na Protoboard do projeto "Controlando o LED com Potenciômetro (BrilhaLed)".

Um exemplo do esquema de ligação do LED e Potenciômetro ao Arduino


Código de programação LED e o Potenciômetro na IDE do Arduino


Código fonte em formato de texto para copiar e colar na IDE do Arduino

// Inicio do programa Controle de Brilho do LED com Potenciometro 
// Aqui estou dizendo para o computador os pinos
// que vou usar e dando um nome a cada um deles
// e informando as possiveis variaveis que usarei

int potPin = 2;    // Seleciona o pino de entrada para o potenciometro
int LEDPin = 11;   // Seleciona o pino para o LED
int val = 0;       // Variavel para guardar o valor proveniente da entrada analogica

void setup() {
  
  pinMode(LEDPin, OUTPUT);  // Declara LEDPin como saida
  
}

void loop() {
  
  val = analogRead(potPin);    // Le o valor da entrada analogica
  val = val/4;                 // Converte 0-1023 para 0-255
  analogWrite(LEDPin, val);    // Aciona o LED
  
}


3 - Explicação e a montagem na Protoboard do projeto "Controlando o LEDs pelo Teclado".

Um exemplo do esquema de ligação dos LEDs ao Arduino

Código de programação LEDs e teclado na IDE do Arduino


Código fonte em formato de texto para copiar e colar na IDE do Arduino

//VRlivre
//Virmal_divx
//Controlando LEDs pelo teclado

int ledPin1 =  13;
int ledPin2 =  11;
int ledPin3  =  9;

void setup(){
 
Serial.begin(9600);
 
pinMode(ledPin1, OUTPUT);
pinMode(ledPin2, OUTPUT);
pinMode(ledPin3, OUTPUT);

}
 
void loop(){

char tecla;
tecla = Serial.read();

// se pressionado "g" liga o led1
if(tecla == 'g')
{
digitalWrite(ledPin1, HIGH);
}

else

//Se pressionado "h" liga o led2
if(tecla == 'h')
{
digitalWrite(ledPin2, HIGH);
}

else

//Se pressionado "j" liga o led3
if(tecla == 'j')
{
digitalWrite(ledPin3, HIGH);
}

else

//Se pressionado "d" desliga todos os leds
if(tecla == 'd')
{
digitalWrite(ledPin13, LOW);
digitalWrite(ledPin11, LOW);
digitalWrite(ledPin9, LOW);
}
delay(1000);
}



O desafios lançados para a aula dessa semana foram:
  1. Os alunos através dos códigos aprendidos com os projetos acima criassem uma programação para fazer com que 6 Leds fossem controlados pelo teclado individualmente.
  2. Juntar a programação do potenciômetro com a do teclado, onde teriamos 2 Leds que ao apertar uma tecla específica em nosso teclado poderiam ser controlados pelo potenciômetro.

Veja as fotos que tiramos em nossa 4ª aula do Projeto, onde contamos com a participação de 15 alunos(as) e 2 professoras 

em breve

Assista abaixo, a vídeo que montamos para apoio e revisão do conteúdo que foi ministrado em nossa 4ª aula presencial

em breve


Mais informações »

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Aula 03 - Semáforo, Super Máquina - 05-04-2014


Robótica Educacional com Software e Hardware Livres no Sábado na Escola

A Robótica Educacional corresponde a uma aplicação da tecnologia na educação em que o ambiente de aprendizagem valoriza o planejamento, pesquisa, interesse, motivação e cooperação entre os alunos, através de uma rica experiência interdisciplinar, uma vez que envolve diferentes áreas de conhecimento e pessoas na resolução de problemas. A Robótica Educacional Livre, parte para soluções livres em substituição aos produtos comerciais, o que propomos e o uso de Hardware e Softwares Livres como base para a programação. Utilizaremos motores, componentes eletrônicos de baixo custo e algumas sucatas de equipamentos, para construção de KITS de robótica de acordo com a realidade de cada escola.

Cidade: Volta Redonda
Estado: Rio de Janeiro
Local: Escola Municipal Marizinha Félix;
Horário: 08:00 às 10:00;


Roteiro de nossa 3ª aula:

1 - Montagem de um simulador de "Sinal de Trânsito ou Semáforo", onde a ideia é que possamos ter 3 LEDs (Vermelho - Amarelo - Verde) e os mesmos deverão acender e apagar, simulando o funcionamento do Semáforo.
Um exemplo do esquema de ligação do Semáforo no Arduino


Código de programação para o Semáforo na IDE do Arduino



Código fonte em formato de texto para copiar e colar na IDE do Arduino

// Inicio do programa Semaforo Simples
// Aqui estou dizendo para o computador os pinos
// que vou usar e dando um nome a cada um deles
int verdecarro = 13;
int amarelocarro = 11;
int vermelhocarro = 9;

void setup() {                
  
// Aqui eu digo que os pinos escolhidos são de saída
pinMode(verdecarro, OUTPUT);
pinMode(amarelocarro, OUTPUT);
pinMode(vermelhocarro, OUTPUT);
}

void loop() {

digitalWrite(verdecarro, HIGH);      // aqui eu acendo o pino 13 luz verde
delay(5000);                               // Aqui diz esperar 1 segundo (5000=5s)
digitalWrite(verdecarro, LOW);       // aqui eu apago o pino 13


digitalWrite(amarelocarro, HIGH);   // aqui eu acendo o pino 11
delay(3000);                               // Aqui diz esperar 1 segundo (3000=3s)
digitalWrite(amarelocarro, LOW);   // aqui eu apago o pino 11

digitalWrite(vermelhocarro, HIGH);  // aqui eu acendo o pino 9
delay(5000);                                // Aqui diz esperar 1 segundo (5000=5s) 
digitalWrite(vermelhocarro, LOW);   // aqui eu apago o pino 9 
}

// Fim do programa

Obs.: Vale ressaltar que a ideia principal deste "SEMÁFORO" é fazer com que os alunos percebam que eles podem controlar os 3 LEDs de forma individual, desta forma após esse primeiro exemplo, eles serão desafiados a mudar a programação para fazer com que os LEDs acendam ou apaguem de outra forma, sumulando alguns tipos de sinas que são encontrados em nossas ruas.

2 - Agora controlando de 8 LEDs, onde além da montagem dos componentes na Protoboard (LEDs, Resistor e Fios) os alunos devem escrever um código que nos desse como resultado o efeito do "Scanner" do K.I.T.T., carro famoso do Seriado Super Máquina (Anos 80).


Veja no vídeo abaixo o efeito que os alunos devem conseguir com o código.

Os 2 vídeos abaixo, são para recordação dos que já conheciam o seriado e para aqueles que nunca ouviram falar dessa tal Super Máquina, terem uma ideia do que ela era.


Um exemplo do esquema de ligação dos oito (8) LEDs ao Arduino

Código de programação para oito (8) LEDs na IDE do Arduino



Código fonte e m formato de texto para copiar e colar na IDE do Arduino


// Inicio do programa Super Maquina
// Aqui estou dizendo para o computador os pinos
// que vou usar e dando um nome a cada um deles

int pin1 = 13;
int pin2 = 12;
int pin3 = 11;
int pin4 = 10;
int pin5 = 9;
int pin6 = 8;
int pin7 = 7;
int pin8 = 6;

void setup() {                

  
// Aqui eu digo que os pinos escolhidos são de saída
pinMode(pin1, OUTPUT);
pinMode(pin2, OUTPUT);
pinMode(pin3, OUTPUT);
pinMode(pin4, OUTPUT); 
pinMode(pin5, OUTPUT);
pinMode(pin6, OUTPUT);
pinMode(pin7, OUTPUT);
pinMode(pin8, OUTPUT);
}

void loop() {
digitalWrite(pin1, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin1, LOW);
digitalWrite(pin2, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin2, LOW);
digitalWrite(pin3, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin3, LOW);
digitalWrite(pin4, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin4, LOW);
digitalWrite(pin5, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin5, LOW);
digitalWrite(pin6, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin6, LOW);
digitalWrite(pin7, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin7, LOW);
digitalWrite(pin8, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin8, LOW);
digitalWrite(pin7, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin7, LOW);
digitalWrite(pin6, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin6, LOW);
digitalWrite(pin5, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin5, LOW);
digitalWrite(pin4, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin4, LOW);
digitalWrite(pin3, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin3, LOW);
digitalWrite(pin2, HIGH);
delay(134);
digitalWrite(pin2, LOW);
digitalWrite(pin1, HIGH);
digitalWrite(pin1, LOW);
}
// Fim do programa


Ressaltamos ainda que por se tratar de um trabalho inicial, utilizaremos uma codificação simples partindo do raciocínio linear dos alunos, em que era só acender um LED, esperar um tempo, apagar o LED que estava aceso e acender o próximo, repetindo isso até terminar o processo, depois seria somente voltar com o código de traz para frente.

Agora para os interessados e/ou mais experientes, podem usar o código abaixo, que vai produzir o mesmo efeito, porém ele usa "if" e "else".

boolean t = true;
int i = 13;

void setup()

{
  pinMode(13, OUTPUT);
  pinMode(12, OUTPUT);
  pinMode(11, OUTPUT);
  pinMode(10, OUTPUT);
  pinMode(9, OUTPUT);
  pinMode(8, OUTPUT);
  pinMode(7, OUTPUT);
  pinMode(6, OUTPUT);
}

void loop()

{
  digitalWrite(i,HIGH);
  delay(134);
  digitalWrite(i,LOW);
  if(t == true)
  {
    i = i - 1;
  }
  else
  {
   i = i + 1;
}
if(i < 6)
{
i = 7;
t = false;
}
if(i > 13)
{
i = 12;
t = true;
}





O desafio da semana foi para que os alunos juntassem carrinhos e outros brinquedos a pilha quebrados ou danificados e que os mesmos deveriam ser trazidos para a nossa aula, onde iriamos juntar essas doações ao nosso cantinho das peças recicláveis, pois poderiamos aproveitar Motores, Leds, fios e demais coisas destes brinquedos, que até então estavam sem utilidade.

Veja as fotos que tiramos em nossa 3ª aula do Projeto, onde contamos com a participação de 18 alunos(as) e 2 professoras
Assista abaixo, a vídeo que montamos para apoio e revisão do conteúdo que foi ministrado em nossa 3ª aula presencial

Mais informações »

O que é??

O que você vai ver nesse tutorial, nada mais é do que como instalar uma versão Customizada do Linux Educacional (que foi baseada no Ubuntu) e que usamos aqui em Volta Redonda, nas escolas municipais de nossa abrangência, essa Customização  além de contar com tudo o que o Linux Educacional tem disponível, ela ainda conta com diversos aplicativos selecionados, pré-instalados e configurados por nós, para atender as necessidades de nossos alunos e professores, tendo em vista que praticamente tudo será instalado sem a necessidade do uso da internet.

Observação: gostariamos de deixar bem claro a todos que não se trata de uma NOVA DISTRIBUIÇÃO, mas sim uma CUSTOMIZAÇÃO feita para atender as necessidades do nosso Projeto de Informática Aplicada à Educação, sendo assim ela é livre e pode ser usada por todas as escolas que tem o PROINFO URBANO, se assim o desejarem, desde que fique claro que não nos responsabilizamos por erros de instalação ou mal funcionamento da mesma, nós testamos essa Customização no Pregão 83/2008, mas acreditamos que deva funcionar bem no Pregão 71/2010, mas como não temos esse Pregão aqui para testar, não podemos afirmar.


Iniciando a Instalação...

Depois de ter baixado a “ISO” Customizada em:
e gravado a mesma em “DVD” ou gerado um “Pendrive Bootável”, configure a BIOS da máquina para carregar de acordo com a sua necessidade e inicie o sistema.
Após o carregamento do mesmo, escolha o usuário “professor” e digite a senha “professor”, aguarde o sistema terminar o carregamento, desabilite a internet ou tire o cabo de rede para agilizar a instalação.

Siga as instruções dos arquivos abaixo:


Mais informações »

sábado, 29 de março de 2014




Robótica Educacional com Software e Hardware Livres no Sábado na Escola



A Robótica Educacional corresponde a uma aplicação da tecnologia na educação em que o ambiente de aprendizagem valoriza o planejamento, pesquisa, interesse, motivação e cooperação entre os alunos, através de uma rica experiência interdisciplinar, uma vez que envolve diferentes áreas de conhecimento e pessoas na resolução de problemas. A Robótica Educacional Livre, parte para soluções livres em substituição aos produtos comerciais, o que propomos e o uso de Hardware e Softwares Livres como base para a programação. Utilizaremos motores, componentes eletrônicos de baixo custo e algumas sucatas de equipamentos, para construção de KITS de robótica de acordo com a realidade de cada escola.



Cidade: Volta Redonda

Estado: Rio de Janeiro

Local: E.M. Marizinha Félix

Horário: 08:00 às 11:30


Veja as fotos que tiramos em nossa 2ª aula do Projeto, onde contamos com a participação de 16 alunos e 01 Professora



Roteiro da Aula 02 - 29/03/2014

Coordenadora Pedagógica: Giany Abreu
Coordenador/Técnico: Sergio Graças


Objetivos da aula:
  • Revisar componentes/conceitos de eletrônica: Led - polos positivo e negativo, bateria-energia, resistor; 
  • Aprender a reconhecer os resistores e calcular os valores do mesmo; 
  • Revisar o funcionamento da PROTOBOARD; 
  • Ligar Leds usando a PROTOBOARD e o Arduino;
  • Criar a programação para acender 1 led, 2 leds e 5 leds.
  • Aprender a ler o código e corrigir possíveis erros na programação.  

Assista abaixo nossa aula em vídeo 



Encerramento:
  • Recolhimento do material que foi disponibilizado aos alunos;
  • Arrumação da sala, onde os alunos ajudaram na organização do laboratório e das mesas em seus devidos lugares;
  • Agradecimento e reforço no convite para a presença na próxima aula.

Para fazer em casa

Criar no papel uma programação ou rascunho de programação para fazer um SEMÁFORO, tomando como base a programação que fizemos em aula, com 3 leds (vermelho, amarelo e verde)

Até semana que vem!!!!

Mais informações »

segunda-feira, 24 de março de 2014


Aptana Studio é uma ferramenta de desenvolvimento, de código aberto e multiplataforma, profissional para a web aberta. Com ela você pode desenvolver e testar toda a sua aplicação web usando um único ambiente. Com suporte para as mais recentes especificações de tecnologia de navegador como HTML5, CSS3, JavaScript, Ruby, Rails, PHP e Python. Está disponível no site do desenvolvedor a versão 3.4.2.


Auxilia na autoria de HTML, CSS, JavaScript, PHP e Ruby. Suporta as mais recentes especificações do HTML5. Inclui informações sobre o nível de suporte para cada elemento nos principais navegadores.


Você pode definir pontos de interrupção, inspecionar variáveis, execução de controle. Os depuradores integrados de Ruby e Rails e JavaScript ajudá-lo a esmagar esses bugs.


Configure o seu ambiente de desenvolvimento exatamente do jeito que você quer que ele fique, estendendo os principais recursos por meio de scripts de comandos personalizados. Sempre apresenta o contexto dos comandos com base no tipo de arquivo que você está editando.


disponível para:
página do projeto: aptana.com

Fonte e Créditos: aqui
Mais informações »

Megaglest é um jogo 3D de estratégia em tempo real (RTS) open source multi-plataforma, onde você controla os exércitos de um das sete facções existentes: tecnologia, Mágicos, Egito, indianos, Norsemen, persas ou romanos. O jogo pode ser configurado de 17 maneiras diferentes e você ainda pode baixar dados adicionais a partir de dentro do jogo, sem nenhum custo. O game está disponível nos repositórios das principais distribuições GNU/Linux, mas você pode baixar a versão 3.9.1 que está disponível a partir do site do desenvolvedor.

INSTALAÇÃO

Para instalar no Debian e distribuições derivadas basta abrir um terminal e digitar os seguintes comandos:

su + ENTER 
apt-get install megaglest + ENTER 

Ou faça o download da versão 3.9.1 neste link 

Basta executar o arquivo baixado e prosseguir a instalação:




EXECUTANDO O JOGO

A interface do game:



disponível para:
página do projeto: http://megaglest.org/

Fonte e Créditos: aqui
Mais informações »

Uma nova versão da Tizen Developer Tools foi liberada e você pode baixar a versão 14.01 no site do desenvolvedor. Esta nova versão traz dois subpackages (GBS-jenkins-empregos e GBS-jenkins-scripts), suporte para compilação completa local, mais saídas de mensagem de erro amigável para questões de proxy rede, criação de imagens customizadas sem atualizar o arquivo ks, foi melhorarado a leitura e descompressão de imagens e etc.


Mais Distribuições GNU/Linux são suportadas:

CentOS 6;
◉ Fedora 20 (Novo);
◉ Fedora 19;
◉ openSUSE 13.1;
◉ openSUSE 12.3;
◉ openSUSE 12.2;
◉ Ubuntu 13.10;
◉ Ubuntu 12.10;
◉ Ubuntu 12.04.

Fonte e Créditos: aqui
Mais informações »

Aula 01 - Introdução a Elétrica - 22-03-2014




Robótica Educacional com Software e Hardware Livres no Sábado na Escola



A Robótica Educacional corresponde a uma aplicação da tecnologia na educação em que o ambiente de aprendizagem valoriza o planejamento, pesquisa, interesse, motivação e cooperação entre os alunos, através de uma rica experiência interdisciplinar, uma vez que envolve diferentes áreas de conhecimento e pessoas na resolução de problemas. A Robótica Educacional Livre, parte para soluções livres em substituição aos produtos comerciais, o que propomos e o uso de Hardware e Softwares Livres como base para a programação. Utilizaremos motores, componentes eletrônicos de baixo custo e algumas sucatas de equipamentos, para construção de KITS de robótica de acordo com a realidade de cada escola.


Cidade: Volta Redonda
Estado: Rio de Janeiro
Local: E.M. Marizinha Félix
Horário: 08:00 às 11:30

Veja as fotos que tiramos em nossa 1ª aula do Projeto, onde contamos com a participação de 17 alunos(as)



Roteiro da Aula 01 - 22/03/2014

Coordenadora Pedagógica: Giany Abreu
Coordenador/Técnico: Sergio Graças


Objetivos da aula:
  • Criar dinâmica de apresentação dos alunos; 
  • Mobilizar os alunos para o trabalho com Robótica Livre e suas possibilidades; 
  • Apresentar alguns componente/conceitos de eletrônica: Led - polos positivo e negativo, bateria-energia, resistor, ligação em série e paralela; 
  • Conhecer o programas GCompris, Simulando ligações elétricas; 
  • Conhecer o funcionamento da PROTOBOARD; 
  • Resolver situações problemas envolvendo GCompris e PROTOBOARD. 

Conteúdos da aula:

  • O que é Robótica Educacional Livre; 
  • O que é e para que serve o Arduino - introdução; 
  • Ligação em série e paralelo; 
  • Conceito de ligação elétrica; 
  • Protoboard, Leds, Resistores e Jumpers (fios). 

Desenvolvimento: 

  • Apresentação dos Coordenadores; 
  • Apresentação dos alunos; 
  • O que é Robótica Educacional livre e objetivos do curso; 
  • Apresentação dos vídeos sobre o Arduino - Olhar Digital e alguns projetos usando Arduino e Sucata; 
  • Divisão dos grupos de trabalho; 
  • Conceito de Eletricidade; 
  • Desafios no GCompris/Eletrônica: 
  • Ascender uma lâmpada; 
  • Usar interruptor; 
  • Ascender duas, três, quatro e cinco lâmpadas com um e depois dois interruptores; 
  • Em série e em paralelo; 
  • Desafio Ligação treeway; 
  • Intervalo; 
  • O que é e como funciona a Protoboard? Linhas e colunas; 
  • Ligação de um led; 
  • Ligação de dois leds; 
  • Ligação em série e em paralelo; 
  • Ligação usando a menor quantidade de fios; 
  • Ligação usando X fios; 
  • Avaliação da aula. 

Encerramento:
  • Recolhimento do material que foi disponibilizado aos alunos;
  • Arrumação da sala, onde os alunos ajudaram na organização do laboratório e das mesas em seus devidos lugares;
  • Agradecimento e reforço no convite para a presença na próxima aula.

Reforço da aula 01

Mais informações »

quinta-feira, 20 de março de 2014

Microscópio de R$1 é impresso e montado como origami


 
Microscópio de dobraduras: Em teoria, um microscópio é um equipamento tão delicado que, a princípio, parece impossível fabricar um deles apenas recortando uma folha de papelão. E, ainda por cima, a um custo final de R$1,20. Mas foi exatamente isso que fez o bioengenheiro indiano Manu Prakash, da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. E a invenção pode salvar vidas em países em desenvolvimento, onde faltam equipamentos para diagnosticar (e tratar) doenças corretamente.

As peças do Foldscope - algo como "dobraduroscópio" - são impressas em papelão. Depois, são destacadas e montadas seguindo um sistema de dobraduras e encaixes, lembrando um origami.

O Foldscope - que tem o formato de uma tira - ainda tem peças como lentes, uma pequena lâmpada de LED e uma bateria semelhante à que é usada em relógios. O microscópio é montado em poucos minutos, e seu custo total é de US$ 0,50 (R$ 1,20). A bateria do Foldscope funciona por até 50 horas, e o equipamento permite ampliar uma imagem em até 2 mil vezes.


Microscópio para detectar doenças

Prakash e sua equipe criaram 12 modelos diferentes de microscópios, cada um feito para diagnosticar uma doença específica. Por ser impresso, ele pode ser fabricado em larga escala. Além disso, o microscópio de papel é muito resistente: "Você pode molhá-lo, pisar e pular nele e jogá-lo da altura de um prédio de três andares", diz Prakash.

A ideia surgiu a partir das viagens do cientista e seus alunos a países em desenvolvimento, onde eles ficaram impressionados com a falta de infraestrutura para identificar doenças como a malária.

"No Quênia, não há remédios suficientes contra malária, mas ainda assim eles são distribuídos mesmo que a doença não tenha sido diagnosticada", afirma Prakash.

Além do desperdício, o uso indiscriminado dos medicamentos faz com que os parasitas que causam a doença fiquem imunes aos tratamentos disponíveis. Daí a importância dos microscópios, que permitem identificar a presença do mal nos pacientes.

Em novembro, a Fundação Bill & Melinda Gates premiou Prakash com US$ 100 mil (cerca de R$ 235 mil) para que ele teste o Foldscope na Índia, na Tailândia e em Uganda.



O cientista agora selecionará 10 mil voluntários, entre médicos, alunos de medicina, estudantes de nível primário e secundário e pesquisadores, para testar seu invento.

Fonte e Créditos: aqui
Mais informações »

segunda-feira, 17 de março de 2014

Todo mundo tem o direito de ser feliz



Esse material não é nosso, mas diz muito a todos nós por isso resolvemos reproduzir o post aqui, os devidos links para o original se encontram no final dessa postagem...

"A filial italiana da Saatchi & Saatchi aproveitou um e-mail enviado por uma futura mãe para criar a nova campanha da CoorDown, organização nacional de apoio à Síndrome de Down.

"Que tipo de vida o meu filho vai ter?", perguntou a mulher que estava com medo, pois acabara de descobrir que seu filho iria nascer com a doença genética.

O anúncio, feito especialmente para o Dia Mundial da Síndrome de Down, celebrado em 21 de março, traz 15 portadores da Síndrome de Down para responder a pergunta da mãe, mostrando as alegrias e os desafios que o filho possivelmente enfrentará no futuro.

O filme adota o conceito "Todo mundo tem o direito de ser feliz", a fim de promover a diversidade e integração na sociedade, especialmente na escola e no trabalho.

Este é o terceiro ano de trabalho da Saatchi com a CoorDown. As duas últimas campanhas ganharam 11 Leões em Cannes para a agência.


Mais informações »

terça-feira, 11 de março de 2014

Arduino Drum V – Circuito + Arduino + Piezo




Essa é o quinto post sobre o projeto de construção de uma Bateria Eletrônica, usando o Arduino como base, esse projeto (excelente) e todas as demais postagens refentes ao mesmo pertencem ao "Diego Siena Francisco" do blog "http://arduinodrum.wordpress.com/" no qual nos deu autorização para replicar suas postagens aqui, ressaltamos ainda que o projeto que o Diego esta desenvolvendo vem sendo muito bem detalhado e quem se interessar aproveite para seguir o colega no facebook.


"Post muito importante para quem está começando com Arduino + Piezos. Falarei um pouco sobre a Eletrônica de cada componente que será ligado e como ligá-los corretamente.

O Primeiro passo é termos todos os componentes necessários, são eles: Arduino, Piezoelétrico, Resistor de 1MΩ (Um Mega Ohm), Diodo Zener 5.1v e alguns Jumpers ou Fios.
Circuito – Piezo + Arduino
Polaridade

Um dos principais conceitos a saber antes de ligar os componentes, é a sua polaridade... Polaridade, significa onde fica o Positivo (+) e o Negativo (-) de cada um dos componentes.

Piezo: Centro = Positivo (+) || Borda = Negativo (-)

Diodo: O Lado do Risco (traço) que ele tem, é o Positivo.. e o lado sem marcação é o Negativo.

Obs: O Resistor não apresente Polaridade, ou seja, pode ser ligado em qualquer “direção” dos polos.

Entenderemos melhor vendo o esquema a seguir:

Circuito – Piezo + Arduino

É só isso pessoal, a ligação é bem simples e fácil.

Pessoal, feito isso, o Arduino está pronto para receber os sinais analógicos gerados pelo Piezo e processá-los até virar sinais MIDI..

O Esquema foi feito no Fritzing, um programa para criar circuitos eletrônicos, inclusive PCB e esquemática.

CircuitoArduinoPiezo.fzz - Esquema Piezo + Arduino em arquivo do Fritzing

Espero ter sanado as dúvidas de quem me perguntou a respeito do circuito e ter ajudado a maioria... Qualquer dúvida estou a disposição."

Mais informações »